97ª SEMANA EUCLIDIANA

Não há exageros em dizer que esta foi uma das melhores e mais belas Semanas Euclidianas dos últimos anos, com o auxilio da Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo, e a dedicação dos eternos admiradores do escritor Euclides da Cunha este foi um evento para ser gravado na memória do povo rio-pardense.
Iniciada as comemorações com a chegada da chama que representava o “espírito euclidiano”, vinda de Cantagalo, na noite de ........ E com ilustre evento para a instalação desta chama no Recanto Euclidiano na noite de domingo, 04 de outubro, acompanhado de um show pirotécnico e apresentação de alunos das escolas do município e de grupos de dança e teatro, além Sinfonia Euclidiana com a Orquestra Sinfônica de São José do Rio Pardo, sob a regência do Maestro Agenor Ribeiro Netto, em companhia do regente adjunto Jota Lobo.
A abertura oficial do Ciclo de Estudos ocorreu na segunda-feira às 15h na Fábrica de Expressão, com a homenagem à Dr. Helena Sakae Osakabe e ao Profº Ivo Vannichi, lançamento do selo comemorativo ao Ano Centenário de Euclides da Cunha pelos Correios e apresentação do Quarteto de Cordas, sob regência do Prof. Anderson Castaldi.
No decorrer da semana foram realizadas diversas palestras e aulas voltadas para os estudos das obras literárias deixadas por nosso grande autor. Também houveram muitos eventos voltados para o lazer dos residentes e visitantes da cidade, como apresentações de orquestras, bandas, teatro, balé, exposição de artes etc.
Para “fechar com chave de ouro”, houve na noite de sexta-feira, 10 de outubro, a Conferencia Oficial com o Dr. Cícero Sandroni, presidente da Academia de Letras, no Centro Cultural Ítalo Brasileiro, e após um jantar oferecido para ele juntamente com as autoridades da cidade e pessoas responsáveis pela organização do evento. No domingo, dia 11, a Maratona Intelectual com os alunos maratonistas do Ciclo de Estudos, que inclusive eu participei (agora estou curiosa pelo resultado, é a primeira vez que participo rsrsrrs) .No domingo a cidade se reuniu para assistir ao tradicional Desfile de Encerramento, ao longo da Rua Francisquinho Dias.

Relação dos Conferencistas e temas trabalhados

Alexandre Azevedo – Euclides da Cunha e os seus colegas pré-mordenistas
Ary Menardi Junior - A circulação atmosférica e a organização do espaço geográfico no nordeste brasileiro
Célia Sandroni – Conferencia Oficial: Euclides da Cunha jornalista
Daniel Piza – Documentário: Um paraíso perdido na íntegra – seção Amazônia
Everton da Paula – Área II e III
Fadel David Antônio Filho – Euclides na Amazônia
Felipe Freitas de Souza – Interpretação do povo e da escola na obra de Euclides da Cunha e Rui Barbosa
Felipe Rissato – A iconografia de Euclides da Cunha
Guilherme Félice Garda – Os fazedores de desertos, a permanência do pensamento euclidiano; O homem: Euclides da Cunha
João Batista Pereira João – Os Sertões como tragédia: a propósito de uma revisão conceitual
Jorge Luis Boldrin – “Os Sertões e a referencia ao aquecimento global
José Carlos Barreto Santana – O Engenheiro Euclides
José Carlos Rosin Júnior – A Luta; definição Geográfica da macro-região dos livros: “Os Sertões” e “Contrates e confrontos”
Lando Lofrano – Canudos ontem, Rocinha hoje: um problema ainda não resolvido
Lázaro Sérgio Dias – Movimento Revolucionário no Seilão
Leandro Leal Freitas – Antonio Conselheiro: Líder Carismático
Márcio José Lauria – Euclides e Machado
Marco Antônio Boaro – Rio São Francisco: Divisor de águas e opiniões
Marco Antonio Gumieri Valério – Biografia de Euclides da Cunha; Questões climáticas em Euclides da Cunha
Marcos de Martini – Olhares em “Contrastes e Confrontos”
Maria Aparecida Granado Rodrigues – Euclides da Cunha além de “Os Sertões”
Maria Olivia Garcia Ribeiro Arruda – Possíveis conspirações: revendo detalhes da morte de Euclides da Cunha
Newton Machado – O Japão em Euclides
Nicola Souza Costa – Antonio Conselheiro e a Guerras de Canudos; A prática pedagógica de Euclides da Cunha; Os Sertões: o livro quase tornado gente
Paulo Sérgio Herculano – Tradições euclidianas
Paulo Vannuchi – Palestrante da abertura dos Ciclos de Estudos
Pedro Lima Vasconcelos – O “Beija” das imagens: vereditos
Rachel Aparecida Bueno Silva – A historia que entrou para a Historia
Rodolpho José Del Guerra – Euclides e São José do Rio Pardo
Rosangela Aparecida Gomes Pereira – A Terra: Cenário da Guerra; Análise de textos geográficos de “Os Sertões”
Stenio Steter – Aspectos da comunicação no texto euclidiano; Aspectos psicológicos a obras de “Os Sertões”, envolvendo o sertanejo, o jagunço, os soldados e Antônio Conselheiro

Depois vou colocar um resumo de algumas das palestras que mais gostei... Confiram

Você também poderá gostar...

2leep.com