Manhã de domingo




Hoje estou mais do tipo que quer tomar um café enquanto lê poesia.
No banho longo, muita espuma, perfumes e musicas de Isolda.
Estou tão viva em mim, que me tranco, é um momento particular.
O roupão macio, o som dos pássaros a cantar lá fora...
Hoje o mundo não existe por completo, apenas a parte que me interessa está de pé.
Um pequeno raio de sol entra pela janela, quero senti-lo em mim,
quero o seu calor a tocar minha pele suave, aquecendo aos poucos, arrepiando por dentro.
Hoje não me permit pensar em problemas, em dores ou sofrimento.
Hoje, tranquei a porta da realidade vã dos momentos sordidos e pesados de mim.
Hoje.... Hoje não quero sair... quero me repousar no silêncio doce do meu ser,
me amar como ninguém mais pode fazer, ver no espelho o brilho do meu olhar.
Quero me encantar, tocar o mais profundo dos meus segredos com o olhar.
Quero dizer-me: Eu te amo menina mulher...
Hoje não tem telephone celular, não tem internet e não tem noite sem luar.
Sucos, doces, frutas, vidas... Hoje o dia é só meu!
O melhor vestido, o Salto perfeito, o Perfume que amo sentir em mim...
Essa noite o luar vai guiar meus passos, quero o melhor camarão e o vinho mais leve
Quero a companhia de Ligia, Drummond, Pessoa... Meireles.
Hoje quero voltar de taxi, descer como princesa e dormer como menina.
Hoje... Apenas hoje, quero ser eu mesma e me presentear como mereço.
Hoje, apenas e somente hoje, pois amanhã já não terei mais coragem...
Amanhã a vida me chama, o domingo acabou e a rotina me abraça.

Você também poderá gostar...

2leep.com